quinta-feira, janeiro 01, 2009

...PARA O OUTRO LADO DO ESPELHO


Esta noite... deixa-me ser o embalo fluido, que te leva de ti para o outro lado do espelho. Deixas?

Ni*


9 comentários:

Anónimo disse...

Ni*
Claro que sim !
Voltei aquí para reler a carta que gostaria de ter recebido.
Voltarei muitas mais vezes.
João Miguel

Quase nos 50 disse...

Um abraço de novo ano e deixemo-nos levar nas asas da imaginação....

Delfim Peixoto disse...

Gostei!!!!
Bom Ano

Ni disse...

JOÃO MIGUEL:

Por vezes certas músicas, imagens, filmes... tocam-nos no reino que existe em cada um de nós. :)

Seria muito bom que todos encontrássemos o barco que vê através das brumas... e quem o soubesse conduzir até ao outro lado do espelho, pelo lago do SEMPRE. :)

A imagem que escolhi... a canção de que tanto gosto... a frase que escrevi... foi um modo muito pessoal de iniciar 2009 neste blog.

Volta sempre.
Aqui não há portas... há pontes.

Ni*

Ni disse...

QUASE NOS 50:


Abraço pleno de afecto e sorrisos!
Venham muitos dias mágicos! :)

Ni*

Ni disse...

DELFIM:

Bom Ano!!!

Anónimo disse...

Ni,
Tocou-me muito o comentário que fez ao João Miguel sobre o barco que vê através das brumas e que se conduz até ao lago do sempre.
Na minha vida, já tive que ver através das brumas e, com o apoio incondicional de uma grande amiga, acho que encontrei o lago do sempre.
Que sábias as suas palavras e que verdadeiras são.
Um beijinho
Teresa

Ni disse...

TERESA:

Sorrio.

Tudo na vida é fluido, mutável... Nem a água das ondas, aparentemente repetitivas na sua insistência em tocarem a praia, a Terra, o solo ansiado... nem a água das ondas se repete. A roda do Tempo lembra-nos momento a momento que tudo o que foi... FOI. Já não é.
MAS... há um lago do SEMPRE, dentro de nós. A nossa verdade maior, a nossa essência. Tão perto... porém, tantas vezes, tão longe. Quantas vezes somos cegos para o que está ao alcance de um 'sim'... ou de um simples sorriso.
Amigos/as são barqueiros... eu prefiro chamar-lhes 'gondoleiros' :)... que nos pegam na mão e nos guiam, por entre as brumas, com a sabedoria de quem nos sabe únicos/as... e, tantas vezes, confusos... como se a nossa bússola interna tivesse trocado todos os pontos de referência. Quem nunca se sentiu assim que atire a primeira palavra...

Fico contente por ter na sua vida uma amiga que, por si, abre caminhos por entre as brumas...
Se a tem... é porque a merece! Que nunca lhe falte LUZ!

Beijinho
Ni*

Excelsior disse...

...

*sorriso. imenso*

..."Gondoleiros"... :)

...

...Lembro-me desta tua frase... da primeira vez, que aqui a colocaste... há mais de um ano. Lembro-me do que senti. E do que escrevi...

"Uma singela frase...

...que transmite claramente, uma absoluta vontade de abrir os braços, as asas!, e no fluir de um Mar, mar sereno, Eterno...

...que é água...

...que é ar...

...que é vento...

...que é Sopro Estelar...

...poder saborear o IR de uma Ascensão Espiralada, num rasto de Sete Raios.... de um Regresso ao Lar...

...de dois...

...em UM...

...

(Luz. Gratidão. Eternidade.)"


...Gosto tanto, tanto, da tua escrita. Como nunca gostei de nenhuma outra. Escrita que é um dos reflexos da tua Alma...

...

E, citando-te...

"Amigos/as são barqueiros... eu prefiro chamar-lhes 'gondoleiros' :)... que nos pegam na mão e nos guiam, por entre as brumas, com a sabedoria de quem nos sabe únicos/as... e, tantas vezes, confusos... como se a nossa bússola interna tivesse trocado todos os pontos de referência. Quem nunca se sentiu assim que atire a primeira palavra...

Fico contente por ter na sua vida uma amiga que, por si, abre caminhos por entre as brumas...
Se a tem... é porque a merece! Que nunca lhe falte LUZ!"


E se tu o/a tens... é, tão só e simplesmente, porque mereces. :)

...

...Há fins que se revelam nada mais que portas e pontes para o Amanhã que sempre deveria ter sido... e agora, É.

Abraço de Luz e Vento Estelar...