quinta-feira, dezembro 04, 2008

CADEIRA VAZIA...





Este Natal, mais um sem ti, vai-me doer a cadeira vazia, onde gostaria que te sentasses...


(AMO-TE PAI!)



Nina

6 comentários:

Excelsior disse...

...

...

...!

*abraço suave. silencioso*

INES DE CASTRO disse...

como eu percebo a dor

Rui @t Blog disse...

As cadeiras vazias fazem sempre doer. Esteja então o teu coração cheio dos que já não se podem sentar junto de ti.

Deixo um beijo, mesmo que seja inútil, na partilha dessa dor, que noutra igual tão bem conheço, pois a minha mesa ficou tão cedo, rodeada de cadeiras vazias e a saudade não se esgota.

Ni disse...

Até me arrepiaste... E uma lágrima surgiu! Sempre vivi com esse sentimento. Um dia também terei um pai na minha história...

Homenagem, de certeza, mais que merecida!

Um abraço bem confortante**

Quase nos 50 disse...

Entendo-a perfeitamente.
Eu perdi o meu vai fazer 2 anos e todos os dias sinto a sua falta.
Um abraço

Alberto Campos disse...

Como mais um caminho já percorrido. Os anos vão passando e reconhecemos os espaços deixados pelos que partiram mas que ficaram eternamente no nosso coração lembrando que nos esperam na Ilha. Em noites sagradas desde o imemorial recordar dos tempos visitam-nos. E a esse instante que chamamos Saudade! Sei o que sentes.