sábado, março 21, 2009

POESIA E CAFÉ COM SABOR E AROMA... A AMOR.

«Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais... é nada.»
*
Fernando Pessoa
*

6 comentários:

Anónimo disse...

...O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar.
Que bonita forma de pensar os afectos.
As contradições da vida que só os poetas manipulam desta maneira.
João Miguel

Henrique Dória disse...

Prefiro o vinho do amor.
Beijos

Lúcia disse...

Este post está brilhante!:)
Lindo, Ni

Henrique Dória disse...

Ama. O mais é nada.

LUA DE LOBOS disse...

valeu a pena passar por cá, pelo texto e pela musica
xi
maria de são pedro

LORENZO MONSANTO disse...

Circundar-se de vida. Aparentemente essas pequenas coisas são nada, porque por vezes, nos escapam. Quando não escapam, esse nada transforma-se no mais...