quarta-feira, novembro 12, 2008

AMO-TE, LISBOA!!!

Lisboa... hoje... vista pela janela dos meus olhos.
(Para aumentar as fotos basta clicar sobre elas...)

Descer a rua... e respirar o ar azul... desta cidade que tanto amo...

E tu, Fernando Pessoa, sentado a escrever Lisboa... a bebê-la nas palavras... na dor de quem pensa...


Nem todas as sedas do Oriente... nem todos os veludos e brocados reais... se assemelham à beleza das flores.



O encanto de uma montra com cor de Natal...



Escadinhas de pedra... elevador de uma Santa Justa...
E a cidade, sempre menina, sempre tão bela...



Regresso ao passado...

Lindo!


Luz e sombra... os candeeiros, calados, envergonhados e ciumentos desta luz onde a cidade se aninha.


Telheiras... ao entardecer. Lua espantosa! Flores de lua...
O regresso a casa.
E na alma... a paz.
A paz...

CC

6 comentários:

C.M. disse...

Sim senhora! Belo passeio e belas fotos! Ontem também passei pelo Chiado: quase que nos encontrávamos! Mas achei insuportável o ruído das obras em dois prédios na rua... rua... agora não me lembro do nome! A rua da Bertrand! Quando voltará tudo ao "normal"? Lisboa parece um eterno estaleiro...

Excelsior disse...

Lisboa, cidade onde tenho o privilégio de estar... teve ela, o privilégio de ser contemplada, registada, lida e escrita por ti...

*sorriso*

Ni disse...

Ni, estive 3 semanas em Lisboa em formação... Aproveitei para visitar qualquer e todo o cantinho da cidade. Adorei! Quantos sorrisos dei, quantos momentos fantásticos! Voltava se fosse possivel...

Beijinho doce**

syn disse...

fantástico...

Henrique Dória disse...

Vista por ti, Lisboa tem mais encanto.Beijos

OUTONO disse...

Só faltou a imagem da fotógrafa, para Lisboa ser o encanto perfeito de uma flor capital...

Beijinho deste Outono distante, mas presente.