segunda-feira, junho 19, 2006

PALAVRAS AO OUVIDO




Há pessoas que são, para nós, como os poetas: põem palavras onde, antes, só havia sentimentos. Palavras que interpelam o que sentimos e lhes respondem. Com gestos. De surpresa.
São gestos que, parecendo um tudo-nada, tocam cá dentro e fazem do 'perto' 'muito perto'... e sentimos uma liberdade que se perde de vista.

A esses gestos - que nos revolvem - podemos chamar, simplesmente, comunhão. Ou, timidamente, amor.

Como se fossem um regresso a um paraíso que parecia perdido e, ao mesmo tempo, um lugar que se sente e se saboreia quando se visita pela primeira vez...

Como se fosse possível, para sempre, trazer para dentro de nós quem nos queira dentro de si. E nos presenteie com um perto muito perto, que nos devolva à comunhão e restaure com beleza a fé na vida, onde, antes, se formara um ermo nos nossos sentimentos...

Abraço de vento...
Ni*

15 comentários:

Pescador disse...

Deixei-te umas palavras segredadas ao ouvido...no meu post
« É(ra) tão mais fácil...»

Jinhos doces
Pescador

aprendiz de viajante disse...

Como já é teu hábito o texto está linndíssimo.

Há muito que não navego na blogosfera, mas este fds lembrei-me de ti. Ocorreu-me algo de estranho... entre várias fotografias que tirei a uma fonte, encontrei uma com um rosto, acaso ou não, a situação intrigou-me. Como acho que és muito sensível nestas questões, gostava de ouvir a tua opinião. Não é meu hábito andar a pedir este tipo de coisas, mas as tuas palavras têm algo que me tocam...
Fiz um post com a foto! Se puderes passa por lá!

Um bjo e boa semana.

☆Fanny☆ disse...

Nina...esta melodia é simplesmente maravilhosa!!!Que encanto...deixou-me a flutuar...

Há pessoas que nos preenchem vazios...há palavras que nos murmuram o que tanto almejamos do fundo da alma e não temos coragem sequer de "pensar"...

Há pessoas assim que trazem estrelas no coração e ILUMINAM a noite da nossa existência...

Quando encontramos pessoas assim...guardamo-las para sempre no cantinho mais precioso do nosso coração.

E tu Ni*...alma perfumada que eu aprendi a amar como irmã...tens um cantinho especial dentro de mim.

Infelizmente nem todas as pessoas entendem que a AMIZADE - AMOR existem...e que quando estes sentimentos são sinceros,nada os pode derrubar.

Um abraço de estrelinhas*

Fanny

SPECTATOR disse...

fabuloso!
jinhos!

Ni disse...

Fanny*...

Sorrio-te... num abraço que nada nem ninguém extinguirá!

A AMIZADE... uma das formas mais profundas da manifestação do amor, tem o poder sublime de delinear a verdade dos afectos puros.

Somos irmãs SIM... sorriso. E senti-lo faz-nos felizes... porque olharmo-nos nos olhos e sorrirmos na cumplicidade de quem se conhece há mais de... 30 anos... é uma dádiva das deusas dos passos da alegria!

...

Esta melodia... tem a suavidade de um convite para partilhar um jardim de ondas de luz...

Sentes?
Não é um lamento... é uma forma de 'encantamento'.

E é nesse 'encantamento' que mergulhei... no sentir cada pedacinho da beleza que a vida nos oferece...

Abraço de vento...

Ni*

Mily disse...

Uma bela imagem! Um lindo texto! Existem pessoas assim, iluminadas, que colocam flores em nosso caminho com apenas um olhar.

Beijos, flores e sorrisos, do meu para o teu coração, e que tua vida seja sempre pautada de paz, alegria e realizações.

HatA/mãe disse...

Ni

Confesso que tinha saudades tuas, de te ler, das tuas palavras doces do teu ar angelical.
Retirei alguns blogs que adicionei e o teu foi na onda por engano claro.

Tenho outro blog pequenino para me entreter "a fada do lago"
Gostava de falar contigo.
Muitos beijinhos

fada do lago disse...

Outro beijinho e um abraço apertadinho.

aprendiz de viajante disse...

ni


Sorriso também para ti...

Eu sabia que a tua resposta iria ser especial...

Tenho pensado nas tuas palavras, muito...
Cada vez mais tenho a certeza que nada acontece por acaso, não existem coincidências!!!

Não Conheço os desenhos/pinturas de 'Kagaya, mas gostava muito de os conhecer... Se puderes envia para a minha caixa de correio que se encontra logo no início do blog.

Gostei muito do texto sobre as "Água(s)", tu escreves como se não pertencesses a este mundo...

Abraço de vento também para ti...

Isabel José António disse...

Cara Ni

Este post está muito bonito e, diria, quase sublime.Parabéns.

Chama-se simplesmente sintonia
Quando a amizade nos irrompe
Sem nada pedir e em harmonia
Sem trazer o que nos rompe

Uma outra dimensão transcendente
Uma outra forma de ser e estar
Que se encontra sempre presente
Em quem o amor quer partilhar

E reconhecemo-nos num espanto
Tudo vibra com intensa alegria
Solta-se o nosso cósmico canto
Tudo é tão pelno de eterna magia

Obrigado pelo texto tão bonito

Bom resto de semana

José António

Nani disse...

Ni*

Assim não vale...

Em relação à sua pergunta... eu acho que a resposta é NÃO... E estou feliz por assim ser.

Sabe,"senti" o seu mundo no momento em que li... assim como em todos os momentos que passo perto de si, a ler o que escreve, a olhar nos seus olhos...

Porquê que não me quer contar?
Tenho de descobrir sozinha? Não.
Olhe-me como só Nina sabe olhar e conte-me...


Zangada...? Impossivel.

« Contigo identifico-me, encontro-me. E os meus olhos, barcos sem cais, encontram o seu porto nos teus, reunindo os sonhos. Alegria. Os meus olhos abraçados aos teus, abraçados a ti, abraçados ao vento – para sempre – mesmo que estejas ausente. Estás em mim e sempre estarás. Dás-me todos os horizontes, reais e irreais, dás-me o céu, o mar, e um abraço que nunca senti, dás-me o momento, porque eu me descobri em ti e contigo tudo é diferente.»

«Amiga», palavra que me emocionou ao ve-la escrita, é assim que a considero... Uma amiga.

Fique bem...
Fique com o mar.

Nani

Desassossego disse...

a partilha de sentimentos e pensamentos é tão boa... faz quentinho por dentro...

floca disse...

Esta é uma definição de amor! Timidamente linda.

HatA/mãe disse...

Bom fim de semana querida NI*


Cheio de luz e sol e toda a doçura que mereces.


Beijos

mixtu disse...

palavras ao ouvido... ou é segredo ou amor.
besitos.