segunda-feira, setembro 01, 2008

SETEMBRO...





Chama-se 'November', cantada por Azure Ray. Mas, para mim, esta canção simboliza inúmeros sentires e tem odor a Setembro.


Setembro...


Se te (le)mbro...



«So I'm waiting for this test to end
So these lighter days can soon begin
I'll be alone but maybe more carefree
Like a kite that floats so effortlessly

I was afraid to be alone
Now I'm scared thats how I'd like to be

(...)
And find it in myself
I'll find it in myself
»

10 comentários:

Excelsior disse...

...é...

...e assim, como quem descobre que se calhar, é a solidão que prefere abraçar... também por vezes, se descobre que a dor é de tal forma uma companheira tão familiar, que já nem sabemos conceber a vida, sem ela. não que gostemos, de tal companhia. mas a sua ausência é já tão estranha tão rara, para nós... que a aceitamos, presente, no aperto do peito e na falta de esperança, quase como se ela nem ali estivesse. como um ruído de fundo, de um largo para o qual se vive virado há décadas, ao ponto dos seus ruídos nem serem apreendidos pela nossa percepção, de forma consciente.

simplesmente... estão lá.

...

os testes, terminarão. a jornada, chegará ao fim. o destino que é teu, não te será negado, por nada ou ninguém. tudo o que precisas... está em Ti.

...boa viagem... o mais suave possivel, Doce Ni...

Ni disse...

EXCELSIOR:

...
Não sei o que responder.

Não gosto destes 3 meses: Setembro - Outubro - Novembro.
Desde... que me lembro de me lembrar. E a minha memória é... bem abrangente.

É.
Não sei o que responder.

Se pudesse viajava... isso sim! :)

La Penca disse...

Qué canción tan bonita...Me ha gustado mucho.

Aquí en Málaga todavía queda mucho para el otoño, porque septiembre es como verano...Pero no está de más prepararse.

Saludos :)

Ni disse...

LA PENCA:

Oláaaaaaaa...

:)

Para mim também é uma belíssima canção...
E a voz... doce, pura, inocente, com algo de «angel»... que pisou a Terra e descobre o caminho. O seu caminho.

Fui ao teu blog.
Mais uma vez... 'me encantó'!

«Ojalá el tiempo se hubiera congelado justo en esa tecla del piano.»

Quantas vezes o senti!
Algumas... consegui suspender o tempo... como se fosse um jardim da Babilónia. Sabes onde o guardo? Na memória, no coração, na minha essência, na minha pele, nos meus olhos de mulher que gosta de o ser...

"Tengo esa voz tuya para toda defensa
Esa voz que sale de ti en latidos de corazón
Esa voz en que cae la eternidad
Y se rompe en pedazos de esferas fosforescentes"*

Que momento sublime!

Gracias...

Ni*

Aurora disse...

Por vezes a solidão é uma circunstância da vida...outras uma busca consciente de um ser que se perde na multidão. Momentos de dor ou momentos de paz? Acho que muitos conhecem a sensação.
Costumo dizer que há coisas na vida que são como as marés, pois tal como vêm, também vão, sejam elas boas ou más.

Terás sempre nesta ilha quem te deseje acompanhar numa amizade intemporal...
(Tininha)

Ni disse...

TININHAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!
:D
...
Fiquei tão feliz agora!!!

Saudades...

Vontade de fazer uma ponte com palavras... tais como AMIZADE* PUREZA* RECONHECIMENTO PARA ALÉM DO DITO* VERDADE* ESPELHO DE ALMAS... e ter-te (ter-vos) mais pertinho... quando um abraço se torna urgente, sabes?

'Gosto-vos' tanto! Já falei de vocês aqui num post... mas, e sobretudo, estão no meu afecto. E sei... porque sei... que é uma amizade que perdurará.

E sim... tens razão... a vida tem marés, tem luas... tem sim e não... tem presença e ausência... tem silêncio e música.

Mas às vezes dói...
Às vezes sentimos que uma parte de nós foi com a maré.
...

Dá um abracinho bem apertado... dá...

Ni*

RESSACA ® disse...

Pedindo antecipadas desculpas pela “invasão” e alguma usurpação de espaço, gostaríamos de deixar o convite para uma visita a este Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

Henrique Dória disse...

Vou colocar no odisseus um poema publiado no meu livro ESCADAS DE INCÊNDIO. Talvez ajude a reconciliares-te com Setembro.Beijos

Blood Tears disse...

A música é belíssima, estou arrepiada.... Só nos temos realmente de encontrar a nós mesmos... Obrigada por partilhares, n conhecia... :)

Blood Kisses

Zé Carlos disse...

Ni*, maravilhoso seu Blog, mas não é novidade... MARAVILHOSA VC, bem também não é novidade nenhuma.... agora se vc aparecer lá em casa, daí sim será uma grande novidade..... e serei mais um feliz...
Beijão do Zé Carlos