quarta-feira, abril 05, 2006

PASSOS PERDIDOS



Passos Perdidos

Ni*

Não quero falar de amores.
Nem cantar outroras felizes
e presentes com asas de dores!
Amores idealizados
são verbos no passado conjugados.

São fontes-cascatas-miragem
Horizonte, sem voos nem ponte,
para a outra margem.

São sentidos sem sentido.
Onde, em vez do teu abraço consentido,
de intemporais afagos incontidos,
mergulhei em passos perdidos.

Não quero falar de amores.
Nem contar porque não canto
os seus alegres ou sofridos gemidos.

Nina

Lisboa, 5/4/2006

20 comentários:

Zé Carlos disse...

...oi Ni*, obrigado por me permitir lê-lo recém saído... já está publicado aqui do outro lado do Atlântico... com voos e pontes para os/as amigos/as... bjs

Javier Montero disse...

no hablo portugues pero algo entendi y me usto mucho tu blog saludos

Anjo disse...

Olá querida Ni,obrigada pelo teu belo comentário no meu silêncio...adorei.
Assim como adoro ler todas as tuas palavras...e não falemos de amores...agora não...que faz doer a alma,a saudade de "outroras felizes"...
Um beijo grande

Sara MM disse...

Oi Linda!
...
mas sabes bem nadar... logo logo vais sair desse mergulho... e com o vento a ajudar... vais caminhar com passo seguro!!!!!!!!

E eu empurro se fôr preciso
:o)

BJsssssssssssssss

DRCT disse...

Venho retribuir a visita e deixar um poema, de uma das autores que mais gosto...

Souvent le coeur qu'on croyait mort

Souvent le coeur qu'on croyait mort
N'est qu'un animal endormi ;
Un air qui souffle un peu plus fort
Va le réveiller à demi ;
Un rameau tombant de sa branche
Le fait bondir sur ses jarrets
Et, brillante, il voit sur les prés
Lui sourire la lune blanche.

Cecile Sauvage

Posso colocar o teu "link" no meu cantinho?
Bem hajas Nina!

Dr. Estranho Amor

Andreia Ramos disse...

linda o mundo e diferente todos os dias e com isso o nosso futuro!nao sofras qd nao vale apena, saltea essa sebe!beijinho fofo de quem se importa!

Delfim Peixoto disse...

O teu espaço é inspirador, parabéns.
Acho que tens razão quanto ao amor , esse amor que dizes não gostar.
Mas que o mundo merece ter Amor, isso merece
bjnhs

Musician disse...

Lindissimo!
As vezes ha coisas que é melhor guardar no silencio do nosso coraçao!
Um beijinho*

online disse...

Falemos então de vida…
Desta que corre e nos queima a alma,
Desta avareza pública que me consome,
E me destrói no correr insolente de mais um dia que passa.

Destes dias sôfregos, que passam no compasso dos verbos…
Nas pontes que buzinam em meu redor,
Do horizonte que nos condena logo à chegada.
Isto é vida…

Não quero falar de amor, preciso viver…
Preciso sentir que emano dos mergulhos perdidos,
E me entrego no teu canto florido,
No mesmo onde descalço sinto que vivo,
O tempo que não passa e o gemido que não digo!

Cala o AMOR... fala-me da vida:)
(este é o meu segredo):)

O beijo

HatA/mãe disse...

Ni
Obrigada pelas palavras encantadoras, nesta pausa,
que me dirigiu, adorei e adoro a musica.
Sáo sempre ums momentus deliciosamente bem passados.
Um beijo

Chega-te aqui disse...

Não fales nem cantes. Que a tua voz não se ouça mas se faça sentir.

Adorei**

blue note disse...

Fiquei sem palavras com as tuas...

Gostaria tanto que não tivesses passado por tamanho sofrimento. Mas ambas sabemos que esta sociedade de falta de tudo o que são valores está aí devoradora de tudo...

Abraço-te forte e peço-te que acredites... há quem assim não é :))

blue note disse...

Fiquei sem palavras com as tuas...

Gostaria tanto que não tivesses passado por tamanho sofrimento. Mas ambas sabemos que esta sociedade de falta de tudo o que são valores está aí devoradora de tudo...

Abraço-te forte e peço-te que acredites... há quem assim não é :))

amigona disse...

Deixa, falas noutro dia... está bonito...

Fernando Bravo disse...

E não falando se fala... :)

Zé Carlos disse...

Ni*, passando para lhe dar um abraço de alma.... sábado lindo!!! bjs do amigo...

Anjo disse...

Um beijo grande e bom fim de semana

dreams disse...

Doce Ni*

Porque nem só de gemidos se canta o amor...

Amar está além e transcede tudo...

Amar está além e transcende tudo e todos...
É ignorar conceitos e preconceitos...
O que foi pensado, dito ou feito...

O amor não aceita rotinas...
Busca algo que mantenha a chama no coração
Descobre a razão para o riso, para o carinho...
Procura a continuidade da mútua paixão...

Através da suprema posse...
Que torna dois em, apenas, um...
Demonstra a felicidade...
Ousa e vai além do que é comum...

É estar colado no corpo do amado...
Para lhe dizer tudo, e novamente
repetir o que já foi revelado...

É olhar para o outro sabendo e sentindo
que não precisa fazer nem dizer mais nada...
É ver nos olhos do ser amado
que ele está num outro plano...
Numa outra dimensão...
É sentir-se dentro de sua alma
Habitar no seu coração...

É viver , cada instante,
com profundidade e emoção,
todo aquele amor, toda aquela entrega...

Abrindo, realmente, alma e coração...

É não pensar no amanhã!
Viver com plenitude cada momento...
Para torná-lo único e especial...
É saber-se dono do maior dos presentes...
Saber e sentir que é O tal...
É descobrir que o seu amor é o seu eleito...
Não importando se ele é ou não, perfeito...

Porque amar está além e transcende tudo...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

zeze disse...

Bem,não sei por onde começar,mas começo pelos poemas k são mt sensuais,e para acabar deixando o meio fazio,a sua(s) foto(s) tb gostei, eheh, Beijoka

Rosmaninho disse...

Ni*, Linda!

Perdidos, idealizados, felizes, sentidos são... passos.

Falar de amores!... Canto os alegres não os sofridos...
Fala de amores, Ni* Linda!
Fala dos passos não perdidos.

~*Um beijo*~