segunda-feira, junho 29, 2009

GUARDEI NOS OLHOS...



(Fotos tiradas por mim na Costa da Caparica. Clicar sobre elas para as ver no tamanho original....)


A poesia visitou-me,

água doce,
m
preguiçosa,
h
suave,

numa chuva que teve vontade

de desaguar

na minha janela.

Em veias transparentes,
p
límpidas,

puras,

como as memórias de infância.

Felizes.


...


De pés nus

desci até à praia.

E festejei.

O vento.

O respirar.

O sopro de dança nos dedos,

que relembraram o meu nome

à ilha do meu canto.


...


Hoje...

deixei todo o sal no mar.

Guardei nos olhos a ternura quente

do abraço da tua voz.


Ni*



(Não quero falar de dores!)


10 comentários:

Maria disse...

Em boa hora a Poesia te visitou!

O meu beijo desfez-se no mar.
Deixo-te um abraço...

Henrique Dória disse...

Alegria imensa ter-te de volta aqui.

Anónimo disse...

Hoje...
Dexei todo o sal no mar
Boa
Um beijo
João Miguel

Alberto Campos disse...

E as palavras quebrar a terra, barro vida que és.
E as plantaste á beira das ondas.
As mesma que otrora te viram chegar.
Abençoada de sal e vida.
Ah, e o mar voltou a abraçar o teu nome.
Como nas tardes quentes na praia da ilha!

maria azenha disse...

Alegria em poder visitá-la. Meu Amigo, Henrique Dória, indicou-me o caminho.E gostei muito do seu espaço.

Gostava muito de entrar em contacto consigo . Pode ser?

O meu emil: maatsete@gmail.com


Um beijo,


maria

Anónimo disse...

Querida Ni,
Como é que está o seu estado de saúde?
Gostei muito das fotografias.
Um beijinho
Teresa

redonda disse...

Gostei muito das fotografias e das palavras trazidas/inspiradas pela visita da Poesia e vim dizer que de vez em quando passo por aqui (gosto de vir aqui, mesmo caladinha) e estou a torcer para que tudo fique bem.
um beijinho
Gabriela

maria azenha disse...

Ni, sou amiga do Henrique.
o meu contacto é , maatsete@gmail.com

C.M. disse...

Fêz bem em respirar aquela maresia...

Quase nos 50 disse...

Paz, muita Paz!
Um abraço